fbpx

Notícias

Piranhas

Além de tudo o que Maceió pode oferecer, outro grande atrativo da região são as cidades que compõem o estado. E dentre essas, uma que costuma ser muito visitada é Piranhas.


A cidade de casinhas pequenas e coloridas ficou conhecida Brasil a fora por conta do seu envolvimento com o cangaço. Foi lá que o grupo de Virgulino Ferreira da Silva, o Lampião, foi capturado e decapitado. Esse acontecimento fez com que a cidade se tornasse uma referência na história do cangaço.


Um dos programas mais conhecidos de Piranhas é a Rota do Cangaço, que tem como um dos seus principais atrativos a trilha onde Lampião e seu bando foram mortos. O passeio sai do atracadouro da cidade e percorre o Rio São Francisco, passando por pontos que, além de abordarem a história do cangaço, exploram também o artesanato e a gastronomia local.


Durante a sua estadia em Alagoas, se hospede no Hotel Cais da Praia. Aproveite os encantos da nossa capital, Maceió, e tenha fácil acesso ao restante do estado.

CACHOEIRAS

Cachoeiras

Se tem algo que não falta na nossa terra, esse algo é beleza. Além das nossas praias, conhecidas em todo o mundo, também contamos com algumas das mais impressionantes cachoeiras. E para te inspirar a vir nos visitar, separamos algumas dicas de destinos:

  • Cachoeira do Tiririca

Um reduto em meio à Mata Atlântica, é localizada na Fazenda Boa Sorte, a 80 km de Maceió. Um dos pontos altos deste programa é justamente o caminho até a cachoeira. Para chegar lá, é necessário percorrer uma trilha de 1h30, cercada de uma linda vegetação.

  • Cachoeira do Ximenes

Localizada em União dos Palmares, cidade famosa por ser o lar de Zumbi dos Palmares, essa cachoeira é uma das mais belas do estado. Além do povo hospitaleiro, um dos grandes destaques é sua formação, perfeita para o rapel.

  • Cachoeira Dias D’Ávila

Se você é um amante de esportes radicais, essa é a sua cachoeira, localizada em Murici. Com uma queda de mais de 86 metros, a formação deste paraíso natural é perfeita para a prática de esportes como cascading.

E aí, ficou interessado em alguma delas?
Venha ver você mesmo essas belezas da natureza. Não perca tempo reserve a sua vaga no Hotel Cais da Praia.

Jangada da Independência

Quem já visitou Maceió (ou pretende visitar) com certeza já observou um dos grandes destaques que embeleza e decora o litoral alagoano, e que é fonte de renda de uma grande parte da população local: as jangadas.

Quem já visitou Maceió (ou pretende visitar) com certeza já observou um dos grandes destaques que embeleza e decora o litoral alagoano, e que é fonte de renda de uma grande parte da população local: as jangadas.

No dia 27 de agosto de 1922, uma jangada de quatro pescadores partiu do Jaraguá na direção sul do país. Essa jangada estava em rumo a uma viagem organizada pelas Colônias em homenagem ao Centenário da Independência do Brasil. Nessa história, a jangada de mostrou de grande destaque devido à ousadia de usar uma jangada tão simples e frágil para essa grande viagem.

Jangada da Independência

A jangada, que era chamada “Independência”, levava os tripulantes pescadores: Umbelino José dos Santos e mestre da embarcação, Joaquim Faustilino de Sant’Ana, Eugênio Antônio de Oliveira e Pedro Ganhado da Silva.

Essa era uma das mais simples embarcações, e durante a viagem nos mares alagoanos o tempo começou a virar e dificultar a jornada da tripulação. Os jangadeiros passaram por uma grande tempestade, e ficaram sem mantimentos, roupas e vela da jangada. E mesmo depois do acidente, eles não desistiram da jornada, e prosseguiram com a embarcação – à nado – até a costa mais próxima na Bahia. Depois de alguns dias, continuaram a viagem partindo de Camamu (BA) e no dia 12 de novembro finalmente chegaram no Rio de Janeiro.

Neste dia histórico, ao desembarcarem na Baía da Guanabara, todos já estavam em festa: foram recebidos por toda a população e jornalistas de todo o país. Afinal, eles foram grandes guerreiros: enfrentaram 98 dias no mar, com muita resistência e determinação, e enfrentaram nove tempestades no total!

Em homenagem a essa grande realização, a jangada foi dada ao Museu Histórico Nacional e hoje existe uma escultura na orla da Ponta Verde homenagem aos jangadeiros, que ganhou um monumento de 9 metros de altura com uma jangada feita de madeira e eucalipto.

“É uma história muito bonita que nós estamos resgatando com esse monumento, com essa homenagem, no dia que essa aventura iniciou, há 96 anos. A gente precisava resgatar essa história, até porque a maioria dos alagoanos não têm conhecimento da história desses pescadores alagoanos de Passo de Camaragibe, Barra de São Miguel e Coruripe”, disse o prefeito Rui Palmeira.

O objetivo da prefeitura com o monumento é, além da homenagem, oferecer mais um atrativo para os turistas que vêm à capital. Venha conferir de pertinho todas as belezas históricas desse paraíso. Faça já a sua reserva no Cais da Praia Hotel!

Hashtag

VisiteMaceio #CaisDaPraiaHotel #Férias #MCZ #MCZAlagoas #TurismoAlagoas #AlagoasTurismo #MaceioBlogs #BeiraMar #Verao2019 #Maceió #Alagoas #VisiteAlagoas #Nordeste #Praia #CafeDaManha #TurismoNordeste #PraiaNordeste

Feliz Páscoa

FelizPáscoa

A magia da páscoa é a verdadeira representação da felicidade, do amor e da união. 🐰❤️🌴🍫
Como você está comemorando a Semana Santa com sua família?!

A magia da páscoa é a verdadeira representação da felicidade, do amor e da união. 🐰❤️🌴🍫

Como você está comemorando a Semana Santa com sua família?!

Hashtag

VisiteMaceio #CaisDaPraiaHotel #Férias #MCZ #MCZAlagoas #TurismoAlagoas #AlagoasTurismo #MaceioBlogs #BeiraMar #Verao2019 #Maceió #Alagoas #VisiteAlagoas #Nordeste #Praia #CafeDaManha #TurismoNordeste #PraiaNordeste

Este site usa cookies. Ao continuar a navegar você aceita seu uso. Mais informações